Arquivo de janeiro, 2011


É impressionante como deixamos de fazer, o que tem de ser feito, porque ficamos esperando pelos outros! Deixamos de trabalhar corretamente, porque o colega de trabalho não faz a parte dele, e até chegamos a dizer, não sou burro de carga para fazer tudo sozinho. Acabamos nos igualando ao colega, e deixamos de fazer a nossa parte. Não devemos deixar de fazer o nosso melhor, porque os outros não fazem a parte deles, ou porque o supervisor é chato ou não reconhece nosso trabalho. Costumo dizer que antes de trabalhar para empresa, trabalho para o cliente que contrata os serviços ou os produtos da empresa onde trabalho, a empresa apenas repassa o meu salário. Por isso tenho o dever de fazer o meu melhor, por mim e pelo cliente que optou pela empresa. Quando dou o meu melhor, a empresa ganha, o cliente ganha e principalmente eu ganho, pois tenho orgulho do meu trabalho, sei que fiz o meu melhor. Certa vez um supervisor me disse, “se você fez o seu melhor, fique tranquila, se depois de um dia de trabalho você deitou e sua consciência ficou tranquila, é o que importa”. Mesmo quando recebemos uma critica, se fizemos o melhor não há com que se chatear. Então devemos parar de esperar pelos outros, e fazer a nossa parte, e bem feita. Devemos descobrir o prazer, de fazer o que tem de ser feito e um pouco a mais se possível. Assumir a responsabilidade e não culpar os outros, melhor do que criticar é dar o exemplo. Não importa se o seu cliente é interno ou externo, tem alguém que depende do seu trabalho para dar continuidade no dele, então faça o melhor por ele e por você.

Um abraço Fraterno!

CAMINHE!

Publicado: 21 de janeiro de 2011 em Motivação

“Uma Jornada de mil quilômetros se inicia com um simples passo.”

Siga rumo aos seus objetivos, não olhe para a montanha que tem ainda para subir, mas veja o quanto você já caminhou. Se ainda é seu primeiro passo, de este primeiro passo, afinal ele é o mais importante de toda caminhada, sem ele não se chegará ao final do percurso. Não é possível chegar ao destino sem sair do lugar, a não ser que onde queira chegar você já se encontre.

Um abraço fraterno!